CAUSAS MAIS COMUNS

Várias condições favorecem a sensação de dor. Além do componente emocional, existem síndromes e patologias que se destacam nas queixas de pacientes como causas mais comuns à dor. Entre as quais:

  • Anemias falciformes;
  • Artrites;
  • Artroses;
  • Cefaléias;
  • Cervicalgias;
  • Dores oncológicas (câncer);
  • Doenças osteoarticulares (osteoporose);
  • Dores craniofaciais (neuralgia do trigêmeo);
  • Dorsalgias;
  • Dor fantasma (após amputação de membro, pavilhão auricular, mama);
  • Dor no coto de amputação;
  • Neuralgias;
  • Dor pós-cirurgia no tórax;
  • Dor pós-cirurgia de coluna vertebral;
  • Dor pós-mastectomia;
  • Dores musculoesqueléticas;
  • Dor pélvica crônica (endometriose);
  • Fibromialgia;
  • Lombalgias;
  • Neuropatias periféricas (diabetes, herpes-zoster, Aids);
  • Dores orofaciais.

TRATAMENTO DA DOR ONCOLÓGICA (CÂNCER)

Na Aliviar Medicina da Dor, o paciente oncológico recebe um importante suporte psicológico para o melhor enfrentamento da sua dor. Clinicamente, nossa equipe multidisciplinar realiza o acompanhamento das patologias que ocorrem simultaneamente ao tratamento do câncer, em parceria com seus oncologistas, adotando a analgesia necessária ao alívio e dispensando os tratamentos farmacológicos e não farmacológicos adequados.