O que é?

Dor cervical é uma queixa extremamente prevalente nos ambulatórios e emergências. Na maior parte dos casos não está associada a nenhuma lesão estrutural grave. Usualmente é decorrente da postura errônea, profissão exercida, fraqueza muscular e sedentarismo, estando também relacionada à degeneração inerente ao próprio envelhecimento.

Sinais e Sintomas

Dentre as queixas principais estão as dores musculares, como o torcicolo, dor na musculatura de sustentação da cabeça, dor no músculo trapézio e cintura escapular, bem como dor na nuca e cefaleia.

O paciente pode apresentar dor durante a movimentação do pescoço, durante a palpação dessa região, dificuldade em encontrar uma posição para dormir.

Causas

A dor cervical pode ter origem em diversas estruturas, como os discos intervertebrais, ligamentos, articulações, nervos e músculos. É fundamental a realização de um exame físico detalhado associado a exames de imagem para um diagnóstico correto.

Tratamento

Dentre as opções de tratamentos disponíveis, podemos citar desde a terapia medicamentosa até procedimentos minimamente invasivos, como os bloqueios ou infiltrações. Tais procedimentos servem como diagnóstico, auxiliando a identificação da causa da dor, e como tratamento, através da administração de analgésicos e anestésicos locais.

O tratamento deve estar associado à fisioterapia e exercícios físicos adequados. Uma correta avaliação do quadro clínico apresentado pelo paciente culmina em um tratamento individualizado e com maior resolubilidade, diminuindo o sofrimento e acelerando o retorno às atividades diárias.